domingo, 7 de março de 2010

Rei do Mate

Nada como ter amigos por perto. Nada se compara a uma tarde regada a risos, videogame, uno, comida e falta do que fazer. Nada como sair um pouco, ver gente nova e rir do que ninguém acha graça. Lá estávamos nós - Gabby, Carol, minha xará, Guilherme e eu - num lugarzinho badalado aqui da minha cidade. Não tinhámos rumo, só estávamos nos divertindo.
Vimos meninas de 14 anos tirando fotos, casais apaixonados jurando amor eterno, pessoas comendo, pessoas apenas como nós, passando o tempo. Compramos biscoitos da sorte e rimos com as frases sem noção que (não) tiramos. Quase fomos atropelados inúmeras vezes e finalmente nos sentamos: hora de comer.
Passamos pelo Rei do Mate e fomos até a lojinha de Ovo Maltine. A fila estava enorme - ficamos um bom tempo parados lá. Guigui e xará foram se sentar enquanto nós, meninas, ficávamos a espera de ser atendidas. Milkshake em mãos, fomos nos sentar também.
O tempo passava de forma lenta enquanto aproveitávamos um dos raros momentos em que estávamos juntos, quietos, curtindo aquele momento. Xará comia sua comida chinesa (que tinha uma cara horrível, aliás) e eu esperava minha Coca-Cola, que o Guigui - num gesto de amor, ou melhor dizendo, confusão, já que ele pensou que fosse pra minha xará - foi comprar pra mim.
Enquanto ele estava longe, aproveitamos o momento para falar sobre o que não devíamos. Fofocamos, como outras meninas definiriam aquele momento tão íntimo que só garotas têm. As solteiras aproveitaram o tempo pra falar sobre seus rolos e as comprometidas, reclamaram de seus respectivos parceiros. Estar com os amigos é algo que não consigo definir. É tão mágico saber que existem pessoas que estão lá por você, independente do tempo, da distância, de qualquer coisa. Elas simplesmente estão lá. 
Guigui voltou com minha Coca, mas sem canudo. Como ninguém se ofereceu pra ir pegar um pra mim - ok, eu estava bem folgadinha -, me levantei com grande esforço (já que a gripe me consumia) e fui em direção ao Rei do Mate.

---

Quando seus olhos encontraram os meus, eu soube: não era um olhar comum. Algo em seu olhar me envolvia, me fazia perceber o quão impressionante eu poderia ser pra alguém, mesmo desconhecido. Seus olhos grandes e castanhos sorriam, combinando com o resto de seu rosto. Não era muito bonito, não fazia o meu estilo, mas por segundos, me fez feliz.
- Por favor, você poderia me passar o canudo? - eu disse, sorrindo, sem graça.
- Mas é claro, - ele olhou diretamente pra mim e com as mãos, tocou o balcão procurando o porta-canudos - aqui está.
- Obrigada - eu disse, pegando o canudo de suas mãos, ainda em transe.
Por frações de segundos, ele se tornara o amor da minha vida.

---
Voltei por entre as mesas meio atônita com o que acabara de acontecer. E agora? Eu contaria ou não para eles que o cara do Rei do Mate secretamente se tornara o cara com quem eu passaria o resto dos meus dias? 
- Você não morreu! - Gabby disse quando cheguei com o canudo na mão, rindo freneticamente. 
- É, não... O cara do Rei do Mate me salvou! - eu disse, sem deixar de sentir todo aquele sangue subindo pro meu rosto, ou seja, eu estava ficando vermelha. 
Num acesso de loucura, aquela pequena mesa de cinco lugares entrara em colapso: as reações depois do que eu disse foram as mais distintas. Gabby e Carol começaram a rir e a brincar comigo, como se aquilo fosse a coisa mais anormal do mundo. Guigui e xará olharam para o pobre coitado do cara, que ainda estava debruçado no balcão, olhando diretamente para onde estávamos. 
- Olha lá, xará, é aquele ali? - eu confirmei que sim - Ele tá olhando pra você, heeein!
Fiquei sem graça e me sentei. Começaram as zoações de todos os tipos. Contei com detalhes nossos cinco segundos de amor eterno e expliquei que é comum quando esse tipo de coisa acontece comigo. Sou o tipo de pessoa que se apaixona inúmeras vezes no mesmo dia. Já conheci o amor da minha vida mais de dez vezes. 
Ficamos lá ainda por alguns minutos, lançando olhares furtivos ao balcão e sorrindo sem parar com a ideia maluca disso tudo. A chuva apareceu e tivemos que ir, infelizmente. Sorri pela última vez ao comprar chiclete e me despedi, com os olhos, do amor da minha vida. 

Olá, pessoal! Tá aí um textinho que eu demorei bastante pra escrever, já que eu tô numa crise de falta de inspiração. Não sei o porquê disso, mas prometo que logo passará. Espero que gostem, pelo menos consegui ter alguma ideia sobre o que escrever! E ah, o que acharam do novo layout? Eu adorei! 

25 comentários:

  1. Ai que legal!!!
    Amei tudo...
    O novo layout está o máximo...
    A história também foi muito legal, acho que deveria ter continuação... bem que ela poderia se encontrar de novo com esse amor da vida dela..rs... amei muito a história!!
    gostei demais.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. néé? o layout tá muito maneiro, vc tem tudo pra ser uma escritora
    AUSHUAHSUAHSUAHSH

    ResponderExcluir
  3. Ficou boa a história... embora eu fique meio sentidaa com esses amores imperfeitos rsrs

    ResponderExcluir
  4. que seria de nós sem as amizades...
    histórias como essas nunca seriam escritas!



    beijo :*

    ResponderExcluir
  5. é realmente muito bom ter amigos, aqueles que você adora ficar,conversar se divertir mesmo quando não tem nada para fazer .
    muito lindo essa história de amor de algumas horas, to começando a achar que isso é noraml ( de ter mais de um amor de sua vida) isso sempre acontece comigo e eu pensava que era maluca, mas como acontece com você tambem estou mais aliviada, rs . muito lindo que você escreveu, se isso é estar sem criatividade,imagine quando estiver,rs.muito lindo mesmo , beijos :*

    ResponderExcluir
  6. Eu penso que podemos ter amores e dizer que só eles nos fazem felizes. Mas não existe amor nenhum que substitua um amigo!

    ResponderExcluir
  7. Que incrivel! Ter amigos é a melhor coisa do mundo.
    Amei o novo layout. Foi você que fez????
    Beijão ;*

    ResponderExcluir
  8. AAAAAAAAAAAAAAA amigos são tuuudo! tuuudo tudo!
    aaaaaa obrigada por por meu blog ali do lado *-*

    ResponderExcluir
  9. Amei seu blog!
    Muito lindo o layout, parabéns pelo blog.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. hahahahaaaa
    q bagunça gostosa....
    com tuo q tem direito
    emoções
    sorrisos
    momentos inesqueciveis

    envolvimento e talento
    dia da mulher..entao farei coisas só d mulher.
    vou lavar louça
    vou escovar o cabelo / depois os dentes
    vou falar o dia todo ¬¬
    vou assitir Viver a vida
    vou pintar a unha
    vou pintar meu cabelo de rosa
    e no dia seguinte me arrpender kkkkkkk
    vou parar por aqui se não eu me revelo
    ui***

    abraços e ótima semana!

    ResponderExcluir
  11. ''Nada como ter amigos por perto. Nada se compara a uma tarde regada a risos, videogame, uno, comida e falta do que fazer.''
    Não há coisa melhor...até o silêncio deles nos alegra em momentos tristes..

    Ah,e sim,momentos de garotas são indispensáveis,porém tem coisas que prefiro contar somente a amigos meninos,que tem um olhar mais amplo pra assuntos do coração sabe..conto a eles primeiro,e depois p/ elas..rsrsrs

    Eu nunca passei por um amor relâmpago..sou do tipo que curte conhecer aos poucos..rsrs

    Amei o texto como sempre *__*

    ResponderExcluir
  12. Ter amigos é muito bom, ne?!Adooooro..


    E por nada pelo selinho!

    Beijoos ;**

    ResponderExcluir
  13. Sim, amigos são TUDO em nossas vidas!
    Eu gostei do texto! É engraçado como encontramos "o amor da nossa vida" várias e várias vezes... Isso tambpem contece comigo!
    rsrs

    Tbm amei o layout ;*

    ResponderExcluir
  14. Pessoas sem amigos, talvez não saibam, mas não são nada.
    Que pena que o amor da sua vida tenha durado apenas alguns segundos.
    O lay ta lindo, vindo da Jamylle tem que sair bonito né!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  15. to sem palavras, me identifiquei com o texto, sou exatamente assim!

    beijinhos ;*

    ResponderExcluir
  16. - Ai que fofo, muito lindo. Isso me fez lembrar os passeios com os meus amigos, saudades....
    beijooo!

    ResponderExcluir
  17. Sair faz um bem grandee!
    beijos

    ResponderExcluir
  18. to te seguindo!
    adorei aqui :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. amei a história!
    o layout novo ta muito lindo!
    bjos
    mah

    ResponderExcluir
  20. Ai, que texto delicioso de se ler! Bem Meg Cabot.. Eu queria ser assim, que encontra o amor pra vida toda na esquina.. Haha. Amei! Beijo.

    ResponderExcluir
  21. E isso me deu uma vontade de te conhecer daqui uns vinte anos e saber quem realmente foi o amor da tua vida. *-*

    Beeijos.

    ResponderExcluir

Todo mundo merece um comentário legal :)