segunda-feira, 9 de maio de 2011

E agora, José?

   Escrever. É uma das minhas maiores paixões, é verdade. Mas e quando a preguiça fala mais alto? E quando a falta de criatividade aparece e resolve ficar? Pois é. Esse negócio de faculdade tá tomando todas as ideias remanescentes que ficam na minha mente. Mas eu, sucinta e prevenida como sou, pensei, repensei e trepensei em algo para animar meus leitores: mais um manual com dicas imperdíveis desta pessoa que vos fala!

5 Passos para Retomar a Criatividade Perdida
Por Mariah Habib      

  1. Não desanime. Muitos escritores famosos também têm seus momentos na escuridão. (Mas não se acomode: afinal, se você não se esforçar, nem seu nome você vai conseguir escrever mais, hein!)
  2. Faça como eu e comece a observar cenas cotidianas. Pode ser que você se depare com algo que realmente te faça ter vontade de escrever sobre ou te traga alguma ideia para ficções. Ou então não te acrescente nada e te faça ficar irritada. (meu caso ultimamente)
  3. SE, em algum momento inesperado, seja fazendo suas necessidades fisiológicas - vulgo "número 2" - ou divagando antes de finalmente dormir, você sentir que uma ideia excelente está chegando, não faça como a pseudo-escritora burra que vos escreve: ANOTE ESSA PORRA E ESCREVA O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL! Ideias excelentes não costumam brotar quando você quer. Elas simplesmente vêm. Aceite isso. 
  4. Não adianta reclamar. Eu reclamo toda hora que não tenho inspiração. E sabe o que me acrescenta? Raiva. Então, se você quer escrever, esforce-se. Imagine uma cena ridícula, acrescente o humor e você terá leitores felizes! (ou não, essa tática só é indicada para jornalistas ou escritores de renome. Isso não nos inclui, ó vida, bandida.)
  5. Passe a pensar como seus leitores. No meu caso, isso não daria certo. Afinal, meus leitores são basicamente minha família e meus amigos, logo, eu só escreveria bobagens. (como se eu não fizesse isso!) Mas voltando ao manual, procure pensar grande. Ou então leia bastante. Leia receitas de bolo, encartes de cd, jornais criticando a esquerda, a direita, os ambidestros, a Dilma, o Papa, o mundo!, revistas de fofocas, livros sobre vampiros que na verdade são fadas, livros sobre bruxos e livros sobre mulheres que foram prostitutas. Peça àquele seu amigo que pegou dengue para escrever alguma coisa legal pra você. Tire inspiração disso, daquilo e daquele. Não perca tempo, pois até nas fezes do seu cachorro aquela criatividade pode ser encontrada!       

    Enfim, é isso. O texto ficou porco, eu sei. A falta de criatividade é muita, eu também sei. O humor ficou sem graça, eu sei. Eu sou uma péssima escritora, eu sei. E eu também sei que você já está de saco cheio de tantos "eu sei". (sou quase uma Chica Xavier, né? Tô sabendo de tudo!) Então, ó ser humano que não têm emoções, o que você espera? Se está de saco cheio, abaixe a cabeça, levante-se silenciosamente desse computador e retire-se! Agora, se você está rindo nesse momento em que lê, imaginando a cena nada agradável desta pessoa indo embora, continue. Continue porque você é um retardado (assim como eu, não me leve à mal.. até porque eu adoro ser retardada!) que conseguiu achar graça em tudo o que eu falei! Obrigada mais uma vez, você fez o meu dia!                  

4 comentários:

  1. Amei, isso é uma verdade . As ideias veem quando querem, e ai,quem se fu é a gente D=
    Continue escrevendo assim kkk' adoreei =D

    ResponderExcluir
  2. Mariah... xiu. ¬¬



    Jogue Shadow of the Colossus, te prometo q vai transbordar de vontade de escrever alguma coisa. xD

    ResponderExcluir
  3. hahah você é MUITO BOA, Mariah!!!!! =)

    ResponderExcluir
  4. Mariah,

    Curti seu texto e suas dicas são ótimas, porque é exatamente o que já percebi, eu já reclamei muito de não ter o que escrever e uma vez um amigo me disse "Meu, você não tem que escrever por alguma coisa específica, escreva por qualquer coisa!", e depois de um tempo percebi que era verdade, e quando menos esperava eu tinha ideias de algumas coisas que eu nunca imaginei, to colocando tudo no blog.
    O que você falou é foda mesmo, ter inspiração quando tá pegando no sono, ou tomando banho ou cagando, e ai, "putz, da hora, depois vou escrever isso", e quando se tem de instrumentos para desenvolver a ideia, ou não fica tão bom quanto parecia ou não lembramos nem nosso nome na hora de escrever,,,uahs.

    Curti.
    Maknim
    http://sosonetando.blogspot.com

    PS: Anonimo porq esse pc trava quando vou fazer login para comentário. =^.^=

    ResponderExcluir

Todo mundo merece um comentário legal :)